Beringela gratinada


Sei que já venho tarde... ainda aceitam o meu bom ano?Normalmente gosto de começar o ano com uma receita de salada, este ano não consegui arranjar nenhuma salada consistente que me surpreende-se, por isso, trago um gratinado que é algo confortante para combater este frio, acompanho com uma salada simples de espinafres bebé e morangos, que contrasta muito bem com o sabor da beringela. Não sou particularmente apreciadora deste legume, acho que depois de cozinhado fica com um aspeto pouco bonito e o sabor também não me cativa muito, mas como recebi umas quantas que ficaram perdidas da horta tardia dos meus sogros, tive de lhes dar uso rapidamente. A solução que para agrado te todos cá de casa, foi acrescentar-lhe queijinho, porque cá em casa reinam praticamente todos os queijos, até o mais novo adora.Esta publicação devia ter saído na primeira semana de janeiro, para começar o ano a partilhar uma receita nova como habitualmente faço, mas este ano comecei com uma grande constipação que mal me deixava abrir os olhos durante o dia, a publicação adiou umas semana peço desculpa! Mas cá estou eu a desejar a todos vocês um 2018 cheio daquilo que desejam, eu estarei por aqui, sem grandes regras e obrigações. Pois as vezes sabe bem voltar a repetir receitas passadas e comer sem ter de fotografar.Tudo de bom!




. Receita para 2 adultos e 1 bebé .

Ingredientes base:
2 beringelas grandes
1 fio de azeite
Sal, pimenta
Sumo de 1/2 limão
1 cebola pequena
2 cebolinhas
1 dente de alho esmagado
2 tomates grandes maduros
1 pimento

Ingredientes cobertura:
300 ml de leite
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de farinha sem fermento
Sal, pimenta e noz moscada
Queijo mozzarella fresco

Pré-aqueça o forno a 180º.

Comece por cortar as beringelas em fatias finas (caso queira que o processo de cozedura seja mais rápido descasque as beringelas antes de as cortar, eu não o fiz, e achei que a casca ficou um pouco dura), unte as fatias com o sumo do limão, 1 fio de azeite, sal e pimenta e deixe a "marinar" enquanto prepara o restante.

Leve ao lume uma caçarola própria para ir ao forno, um fio de azeite, 1 cebola picada, 2 cebolinhas, 1 dente de alho esmagado e um pimento cortado fininho. Leve ao lume sem parar de mexer até a cebola ficar translúcida. Junte os tomates cortados em cubos e sem casca, deixe mais uns minutos ao lume e reserve.

Num caçarola pequena, leve ao lume o leite, a manteiga e os temperos. Vá mexendo com a vara de arames e quando estiver a ferver, junte a farinha e não deixe de mexer até atingir a consistência desejada (cremosa como uma massa de crepes).

Na caçarola, coloque as fatias da beringela por cima da cama de pimento e cebola, regue com o molho e por cima coloque queijo mozzarella a gosto.

E leve ao forno durante 20 minutos ou até a cobertura ficar bem dourada.

Sirva com uma saladinha a gosto.




Bolo de chocolate e lima com aroma a Frangelico


Hoje trago uma receita com um perfume especial e muito agradável, uma sugestão doce e rápida de fazer, um bolo que podem colocar na vossa mesa de Natal, que é digno de estar lado a lado de um bolo rei. 

O Natal chegou mais cedo cá a casa, tive o privilégio de receber uma garrafa de licor Frangelico para degustar. Como já me conhecem algum tempo, já sabem que não bebo álcool, no entanto, faço licores caseiros para oferecer à família no Natal e uso bebidas alcoólicas na comida com muita frequência, em risotto adoro usar licores em vez do habitual vinho branco, em carnes também uso imenso e por exemplo saltear abóbora com um toque ligeiro do álcool, já experimentaram? Fica maravilhoso!

A minha sugestão para hoje é um bolo com o toque fresco da lima, que perfuma tudo onde passa e também um ligeiro travo a licor. No sul de França, onde vivem os meus sogros, há diversa pastelaria com sabor a álcool, já provei algumas e acho que combina na perfeição com o doce e crocante de um bolo, por isso, não foi difícil escolher uma receita para vos apresentar hoje com este licor. Ainda pensei numa peça de carne no forno, com um crocante de amêndoas e Frangelico, mas para esta época só poderia ser um doce. Aconselho que façam a cobertura que fica maravilhosa e eleva o bolo a outra dimensão no que toca à intensidade do sabor. 

Para acompanhar este bolo aconselho também um licor de Frangelico com lima e uma noite ou dia de Natal cheios de boa comida, a companhia que desejam e muita alegria. 

Festas felizes!


. Receita para 8 pessoas . 

Ingredientes bolo:
300 g de farinha de trigo com fermento 
200 g de manteiga à temperatura ambiente
200 g de açúcar mascavado
4 ovos
1 colher de sopa de licor Frangelico
raspa e sumo de 2 limas
200 g de iogurte grego natural
120 g de chocolate preto (75% cacau)

Ingredientes para a cobertura:
1 chávena de açúcar em pó
3 colheres de sopa de sumo de lima
2 colher de sopa de licor Frangelico
água natural q.b,

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Unte uma forma de bolos com manteiga e polvilhe com farinha ou use spray próprio para untar formas e reserve. 

Numa batedeira coloque a manteiga com o açúcar e a raspa de lima e bata até obter um creme fofo e esbranquiçado. Sem deixar de bater, adicione os ovos, um de cada vez. Junte o sumo da lima, o iogurte e bata novamente.

Adicione a farinha e bata a uma velocidade baixa, o suficiente para todos os ingredientes estarem bem ligados.

Fora da batedeira junte os pedaços do chocolate partidos grosseiramente e envolva delicadamente com uma espátula.

Verta a massa na forma e leve ao forno cerca de 45 minutos ao forno. Faça o teste do palito antes de retirar do forno. 

Deixe o bolo arrefecer dentro da forma cerca de 10 minutos e depois desenforme.

Para o glacê, basta juntar todos os ingredientes numa tigela e mexer até atingir a consistência desejada, junte colheres de chá de água pouco a pouco caso sinta que está demasiado espesso com a lima e o licor. A consistência tem a ver um pouco com o tipo de açúcar que está a usar, eu como fiz o meu na Bimby, tive de juntar um pouco de água. 


Ingredientes cocktail
25 ml de Frangelico (por copo)
sumo 3 limas
gelo
Deixe no congelador os copos durante pelo menos 30 minutos antes de servir, junte em cada copo 1/4 de sumo de lima, o licor e gelo a gosto, corte pedacinho de gelo para aromatizar a bebida.

Saboreei com o bolo e beba com moderação.

. Receita patrocinada pela Frangelico



Chimichurri caseiro (o meu)


Olá a todos, hoje trago mais uma receita para acabar a semana. Desta vez trago uma mistura de ervas aromáticas que conheci pela primeira vez em seco, como especiaria. Comprei numa daquelas feiras medievais cá da margem sul, naquelas bancas cheias de especiarias encontrei uma mistura que dizia chimichurri, fiquei bastante curiosa pelo nome que desconhecia na altura e adorei. A especiaria acabou num instante e mais tarde, numa breve pesquisa pela internet percebi que este tipo de mistura era usada principalmente como molho fresco! Foi então altura de criar o meu chimichurri caseiro. Ora aqui vai uma receita adaptada com o que tinha cá em casa, espero que gostem.

Podem usar este molho como marinada, como um pesto para uma massa, para dar um sabor extra a um molho de um refogado, ou como bem intenderem, pois o que interessa mesmo é usar :)

Nesta receita usei como marinada de um frango daqueles sem osso que um amigo nosso nos preparou como na altura viram aqui, depois foi só rechear o frango a gosto, espalhar mais um pouco do molho por cima da pele e levar ao forno.

Nem imaginam o perfume que ficou a minha cozinha:)

Bom fim de semana!


. Rende 180 ml .

Ingredientes:
1 colher de sopa de pimenta preta 
2 dentes de alho 
1 cebolinha roxa 
2 colheres de sopa de oregãos frescos 
1/2 malagueta das grandes 
1/4 pimento vermelho 
1 colher de sopa de paprika 
2 molhos de coentros frescos (100 gr) 
1/2 colher de sopa de sal 
1 colher de sopa de mostarda Dijon 
2 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto 
100ml de azeite extra virgem 
1/2 sumo de um limão (pequeno) 
2 colheres de sopa de mel 

Num moedor de especiarias ou 123, coloque o sal, a pimenta, a paprika, os oregãos e pique até fazer pó, reserve.

Num robot de cozinha, coloque a cebola, o dente de alho, o pimento, a malagueta e os coentros é pique tudo até fazer uma pasta homogênea. Junte os ingredientes em pó reservados e adicione os restantes ingredientes líquidos, o sumo do limão, o mel, a mostarda, azeite e vinagre.

Pique tudo muito bem até atingir uma consistência igual de um iogurte grego. Se achar que não consegue apenas com os ingredientes líquidos, vá adicionando uma colher de sopa de água.

Reserve no frigorífico e utilize onde quiser, o meu durou uma semana!


Pão de banana e chocolate

Há uns tempos falava com uma amiga que os blogs têm os dias contados, que estão a ser fortemente ultrapassados pelo Instagram e o Youtube.  No entanto acho que no campo da culinária há sempre quem goste de ir ao google pesquisar por uma ou outra receita e acabe por ir parar algum blog. Mas nunca será como nos últimos 10 anos, em que os blogues faziam parte da leitura diária de grande maioria das pessoas.

Falo por mim, depois de ter sido mãe o tempo foge-me das mãos e tal como a leitura de blogues. Por vezes, através do instagram vou vendo as receitas dos blogues amigos e acabo por as ir ler se estiver com tempo, mas como antigamente é difícil conseguir seguir tudo aquilo gosto. O Instagram ainda é a rede social que é mais fácil estar activo, mesmo com a cronologia toda trocada, conseguimos facilmente seguir as pessoas que gostamos e tem a vantagem de ser ideal para visualizar através do telemóvel! 

Quanto ao Youtube vou seguindo um ou outra pessoa que adoro, a autora desta receita é uma delas. Já a sigo há anos, sempre adorei os seus vídeos com receitas sempre tão apetitosas, os relatos da vida que leva nos Estados Unidos e agora a vinda do bebé. É engraçado como o Youtube nos leva a ter estas "amigas" que provavelmente nunca os iremos conhecer pessoalmente, mas que já não conseguimos viver sem eles.

Esta receita vem a propósito de uma sondagem que fiz ontem no meu Instagram, onde mostrava um cacho de bananas bem maduras. Estava na dúvida em fazer este pão de banana ou este gelado. A maioria escolheu o pão! Mas enquanto esperava as votações fui passear pelo Youtube e rapidamente mudei de ideia, decidi fazer a receita do banana bread que já tinha guardado do canal da Fancielle Nogueira algum tempo, pois tem chocolate :D

Aqui vai a receita para fazerem.





. Receita para forma de bolo inglês .

Ingredientes:
4 bananas maduras esmagadas
1/2 chávena de açúcar
2 ovos
1/3 de chávena de manteiga derretida
1 chávena de farinha de trigo integral
3/4 de chávena de farinha de trigo normal
1 colher de sopa de canela em pó (usei extrato de baunilha)
1 colher de sopa de fermento
130 g de chocolate preto picado

Numa tigela grande, misture o açúcar, manteiga derretida e ovos. Junte as bananas esmagadas e a baunilha e misture. Acrescente as farinhas e o fermento, mexendo delicadamente. Por fim, adicione o chocolate picado.

Coloque a massa numa forma de bolo inglês untada e leve para assar em forno preaquecido à 180 C por 40 minutos ou até fazendo o teste do palito, e que ele saia limpo.


Tagine de legumes e carne de vaca








É oficial chegou o frio, não há volta a dar! Vá pronto, ainda não é aquele frio que gela os ossos ou que nos faz levar a mantinha para à frente da TV, mas é aquele que nos dá vontade de voltar às receitas de forno, à tagine e a perfumar a cozinha com cheiros fortes. São das coisas que tenho saudades durante no verão.

Hoje trago uma receita demorada, não que dê trabalho na execução, demora é algum tempo a cozinhar, basicamente é deixá-la ficar e ir lá de vez enquanto mexer e ver se não precisa de um pouco mais de água. É óptima para fazer num domingo em que temos visitas em casa, para impressionar e dizer que cozinhamos numa tagine, mas claro que podem fazer esta receita numa panela comum. 

Vamos lá começar uma semana bem perfumada, com energia porque "the winter is coming" - Nota-se muito que basicamente andei dois meses a devorar 7 temporadas da Guerra dos Tronos, nota? 


.  Receita para 4 pessoas .
Ingredientes:
2 colheres de sopa de azeite
1 cebola
4 dentes de alho
1 cenoura
1 alho francês pequeno
1 nabo
500 gr de carne de vaca aos cubo
Pimenta q.b.
1 colher de café de ras el hanout (ver receita aqui)
Sal (eu usei salicornia)

Bouquet garni:
1 rama de manjericão
2 ramas de coentros
2 ramas de tomilho laranja
4 ramos de salicornia

Numa panela tagine ou de ferro fundido, coloque o azeite e por cima uma cama de legumes: cebola e alho francês as rodelas, dentes de alhos laminados, o nabo aos cubos e a cenoura as rodelas. Junte a carne, o bouquet garni, tempere a gosto e regue com água até cobrir a carne.

Deixe cozinhar lentamente durante pelo menos 2h30 com o lume bem baixo. Dê uma olhadela de vez enquanto e envolta a carne com os legumes, antes de desligar verifique os temperos, retire o bouquet e sirva com um purê!

Viva aos dias frios que nos deixam sentir este perfume!